94_-_guia_pr_tico_de_sindromes_coron_rias

Guia Prático de Síndromes Coronárias Agudas

R$ 229,00

Autor: Hélio Penna Guimarães, Ana Denise Zazula, Renato Delascio Lopes, Otávio Berwanger

ISBN: 9788538803928

Páginas: 368

Formato: 17,5 x 25 cm

Ano de lançamento: 2013

Entrega

Calcule o valor do frete estimado para a sua região.


Descrição do produto

SINOPSE:

Guia Prático de Síndromes Coronárias Agudas é texto integralmente baseado no projeto BRIDGE – ACS ( Brazilian Intervention to Increase Evidence Usage in Practice – Acute Coronary Syndromes). Trata-se de livro de consukta e apoio do Ministério da Saúde do Brasil, cuja iniciativa veio possibilitar sua exequibilidade à beira do leito.

A publicação destina-se a orientar e normatizar o atendimmento de pacientes vitimizados pala síndrome coronária aguda pelos profissionais da Saúde, prioritariamente os não cardiologistas – o que é de grande importância para os centros médicos, onde não há esses especialistas.

Concordantemente ao projeto BRIDGE – ACS, o livro não se propõe a esgotar o tema ou abordá-lo de modo erudito e complexo; pelo contrário, é prático, direto e objetivo, sendo seus conhecimentos assimilados com facilidade.

O projeto BRIDGE – ACS ganhou tamanha importância médico-social no Brasil, que o fez repercutir, para não dizer empolgar, nis fóruns e congressos internacionais, como também em publicações médicas indexadas e de referência.

Guia Prático de Síndromes Coronárias Agudas apresenta 4 Editores, 4 Editores Associados, 36 Colaboradores, 21 Capítulos e 300 páginas.

É, pois, como bem assinalam as palavras no seu título, um “Guia Prático”, trabalho destinado, pelos seus ensinamentos, a minimizar a morbimortalidade das síndromes coronárias agudas que anualmente acometem milhões de brasileiros; isso, por de fato capacitar clínicos e não cardiologista para o correto e precoce atendimento na prática desse tão grave acometimento cardíaco.

Sem sombra de dúvida, o projeto BRIDGE-ACS modificará, a médio prazo, o treinamento dos profissionais de Saúde envolvidos com as síndromes coronárias agudas, cujos efeitos serão o tratamento e a assistência mais qualificados e um melhor prognóstico