WiDoctor

Educação financeira: mercado financeiro

O crescimento econômico é um objetivo universal. Na sociedade, temos dois tipos de pessoas (tanto físicas como jurídicas): aqueles que possuem excesso de dinheiro em caixa e aqueles que não possuem recursos suficientes. O mercado financeiro é o intermediário entre quem precisa de dinheiro e quem pode conceder capitais, por isso a sua importância para uma economia saudável.

O mercado financeiro possui dois braços, o de crédito e o de capitais. O mercado de capitais compreende o mercado de ações e o de divida. Este último é onde temos os títulos de renda fixa. Quando compramos um título de renda fixa, nos tornamos o credor de alguém. Já as ações nada mais são do que frações da sociedade de uma empresa.

Os investidores podem ser institucionais ou individuais.

Investidores institucionais são entidades que administram capitais que serão usados no pagamento de despesas futuras, tais como pensões, aposentadorias e indenizações de seguro. Fundos mútuos, fundos de pensão e seguradoras são investidores institucionais. É como se cada um dos contribuintes concedesse o dinheiro para as seguradoras para que estas o administrem.

Os investidores institucionais são pessoas físicas ou jurídicas que participam sozinhas de seus investimentos, portanto não existe uma administradora da aplicação.

Sobre Yan Carvalho

© Copyright 2012-2015 - WiDoctor. Todos os direitos reservados.