WiDoctor

Educação financeira: juros

A taxa de juros nada mais é do que uma taxa de retorno prometida. É o que fazer o credor ter lucro quando ele concede um empréstimo. Três fatores influenciam as taxas de juros: a moeda de pagamento, prazo do título e o risco de inadimplência. As principais taxas de juros que temos são:

  • Over Selic: é a média das taxas das operações diárias do mercado com títulos públicos federais
  • CDI Over: uma taxa de juro diária que é a média das taxas cobradas nos empréstimos feitos entre bancos
  • Taxa básica financeira (TBF): taxa baseada nas taxas cobradas pelas 30 maiores instituições financeiras por volume de captação de depósitos
  • Taxa referencial (TR): é calculada pelo BC considerando os juros cobrados pelo mercado bancário, como no caso de CDBs
  • Taxa de juro de longo prazo (TJLP): criada para empréstimos de longa duração pelo BNDES. É calculada, com base na estimativa da inflação e na média ponderada dos títulos da dívida externa federal e dos títulos da dívida interna federal

Existe uma opção de investimento chamado fundo de renda fixa que utiliza o CDI como taxa. Quando você compra um título deste fundo, você está emprestando dinheiro ao emissor do título, que irá pagar frações fixas regularmente (juros) até o dia do vencimento do papel, quando é feito o resgate do título, o último pagamento.

Por um outro lado, existe a renda variável, como é o caso das ações. Isto porque quando você compra papéis de uma ação, você não sabe quanto será seu lucro (ou prejuízo) a priori. O retorno da ação dependerá da valorização ou desvalorização da empresa na bolsa de valores.

 

Sobre Yan Carvalho

© Copyright 2012-2015 - WiDoctor. Todos os direitos reservados.