WiDoctor

Cursos

SEPSE – Parte 6 – Diagnóstico Diferencial e Tratamento

  • Celso Alves Neto
  • 17/11/2014

Hoje finalizaremos o tema, destacando o diagnóstico diferencial e o tratamento. Seja bem vindo!              São várias as enfermidades que fazem parte da lista de diagnóstico diferencial de SEPSE ou Choque Séptico, dentre as quais podemos citar doenças cardiovasculares, pulmonares, abdominais, neurológicas e metabólicas. Cardiovascular: Choque cardiogênico Insuficiência cardíaca descompensada…

SEPSE – Parte 5 – Exames Complementares e Critérios Diagnósticos

  • Celso Alves Neto
  • 12/11/2014

          Hoje abordaremos, de modo simples, os exames complementares e os critérios diagnósticos de SEPSE. Muita atenção nesses aspectos de grande importância! Seja bem vindo!      O diagnóstico de sepse não pode ser feito por um exame específico. Dessa forma, dar atenção à clínica e realizar um exame físico minucioso é a chave…

SEPSE – Parte 4 – Achados Clínicos

  • Celso Alves Neto
  • 31/10/2014

       A clínica da SEPSE é ampla, dependendo do foco inicial da infecção, do microrganismo envolvido, da idade do paciente e de suas condições pregressas de saúde. Tais manifestações são de extrema importância para o diagnóstico e para que se possa direcionar, adequadamente, o tratamento.      Pacientes com maior risco de complicação:…

SEPSE – Parte 3 – Alterações

  • Celso Alves Neto
  • 24/10/2014

       Todo o processo de SEPSE envolve significativas alterações no organismo. Hoje veremos um pouco do padrão de coagulação, microcirculação, lesão endotelial, resposta cardiovascular e função cardíaca. Seja bem vindo! Coagulação: Ocorre redução: da protrombina, de anticoagulantes naturais (antitrombina, proteína S e proteína C) e inibidor de fator tecidual. Ocorre aumento: do inibidor…

SEPSE – Parte 2 – Fisiopatologia

  • Celso Alves Neto
  • 16/10/2014

    Hoje daremos continuidade a esse tópico de imensa importância na prática médica. Fique atento ao processo e some mais esse conhecimento ao seu currículo. Seja bem vindo!          A fisiopatologia da SEPSE está intrinsicamente ligada à sua origem, dependendo, portanto, além de outros fatores, do sítio de infecção e dos agentes…

SEPSE – Parte 1 – Conceitos gerais

  • Celso Alves Neto
  • 07/10/2014

       Iniciaremos hoje esse tema de importância ímpar no CTI. Conversaremos de maneira mais detalhada possível sobre esse processo, a fim de proporcionar um auxílio mais aprofundado para construção do seu conhecimento. Seja bem vindo!       A identificação e adequado tratamento precoce da SEPSE demonstram ser fatores eficazes para redução de…

CTI – Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) – Parte 6

  • Celso Alves Neto
  • 24/09/2014

          Bem vindo! Hoje encerraremos nossa série de artigos sobre RCP. Como conversamos no último post, serão expostos a AESP e a Assistolia. Faremos, ainda, uma breve passagem pelo tópico de cuidados pós RCP. Fique atento!      A Atividade Elétrica Sem Pulso (AESP) e a Assistolia NÃO são passíveis de choque. Mas…

CTI – Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) – Parte 5

  • Celso Alves Neto
  • 15/09/2014

      Seja bem vindo! Hoje daremos continuidade ao tópico “Desfibrilação”, ilustrando os ritmos cardíacos. Além disso, explicaremos de maneira rápida sobre o que fazer em caso de, após o primeiro choque, o paciente continuar em FV/TV sem pulso.      O conhecimento dos ritmos cardíacos em uma PCR é essencial para se decidir se…

CTI – Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) – Parte 4

  • Celso Alves Neto
  • 11/09/2014

           ATENÇÃO, desfibrilar é um ponto muito importante da ressuscitação, mas nem sempre devemos realizá-lo. Então, QUANDO o faremos?       Retornamos hoje com mais 2 tópicos da RCP: a ventilação e a desfibrilação, em que detalharemos, já no próximo artigo, um pouco mais este último. A VENTILAÇÃO            Como já conversamos anteriormente, o…

CTI – Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) – Parte 3

  • Celso Alves Neto
  • 04/09/2014

       Esse é o PRINCIPAL foco! Vale a pena dar uma lida! Seja bem vindo!!!      Hoje daremos continuidade ao módulo de RCP, enfocando as compressões, ponto crucial destacado na diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia para uma ressuscitação de alta qualidade.           Como conversamos no artigo anterior (RCP – Parte 2),…

© Copyright 2012-2015 - WiDoctor. Todos os direitos reservados.